Aplicativo para crianças YouTube Kids chega ao Brasil

Luiz Mazetto
30/06/2016 - 12h33
Já disponível para Android e iOS, aplicativo traz visual mais divertido e permite que pais controlem o tempo e o tipo de conteúdo a que os filhos assistirão.

O YouTube lança nesta quinta-feira, 30/06, o seu aplicativo de vídeos para crianças no Brasil para as plataformas móveis Android e iOS. Antes disso, o serviço estava disponível apenas nos EUA, onde já acumula mais de 10 milhões de downloads em pouco mais de um ano.

Chamada simplesmente de YouTube Kids, a plataforma traz um layout mais lúdico e visual e é dividida em quatro categorias: Séries, Música, Aprender e Explorar. Vale notar que é possível escolher entre três opções de público, o que delimitará (ou não) o tipo de conteúdo disponibilizado: Pré Escola, Idade Escolar e Todas as Crianças.

Controle parental

Como não poderia deixar de ser, o YouTube permite que os pais gerenciem o acesso dos filhos ao app, que é protegido por senha - no início, é preciso digitar uma senha numérica fornecida em extenso pelo Google, mas depois pode-se criar uma nova.

Com isso, é possível, por exemplo, determinar quanto tempo a criança poderá ficar assistindo aos vídeos no YouTube Kids. Para isso, basta selecionar um período entre 1 e 120 minutos em um timer especial.

Os pais também podem escolher desabilitar o histórico para que o YouTube não recomende conteúdos e até desligar a funcionalidade de pesquisa, limitando assim o acesso apenas aos vídeos exibidos na página inicial do aplicativo.

Conteúdo impróprio

Como os vídeos do YouTube são inseridos no Kids por meio de um algoritmo, pode ser que os pais encontrem conteúdos que não consideram adequados para crianças no novo aplicativo. 

Quando isso acontecer, eles podem tocar em um ícone de três pontos (na vertical) na tela, que permite então fazer uma denúncia ao Google. Uma equipe da empresa analisará então o caso e pode tirar o vídeo do ar. No entanto, a simples marcação do vídeo pelos pais não bloqueia o conteúdo para aquele usuário.

youtubekids_520.jpg

Publicidade

Por possuir o mesmo modelo do YouTube “normal” quando o assunto são as recompensas para os criadores, o Kids oferece sim publicidade antes dos vídeos.

Mas o Google destaca que, por se tratar de um app para crianças, possui uma política mais restrita quanto aos anúncios aceitos. Apesar de não trazer comerciais de cosméticos, como exemplificado pela companhia, é provável que apareçam anúncios de brinquedos.

A gigante destaca ainda que toda publicidade exibida traz um aviso antes e não permite que a criança clique nela para ser levada a um site, como acontece no YouTube.

Privacidade

Por fim, o Google apontou que o app não coleta nenhum dado pessoal dos usuários nem exige login para acessá-lo.