Firefox já supera navegadores da Microsoft combinados

PC World / EUA
17 de maio de 2016 - 15h58
No entanto, essa rivalidade tem cada vez menos importância com a liderança absoluta do Google Chrome.

A Firefox agora possui mais usuários de desktop do que os dois navegadores da Microsoft combinados. Mas essa rivalidade está ficando cada vez mais irrelevante à medida que o Google Chrome já possui quase o dobro da participação da Mozilla e Microsoft juntas no segmento.

Os números mais recentes da consultoria Statcounter mostram que o Microsft Edge e o Internet Explorer fecharam abril com 15,5% dos usuários desktop no mundo, uma queda em relação aos 15,8% do mês anterior.

O efeito do novo navegador da Microsoft parece ser ínfimo com os usuários do Windows 10 preferindo outros browsers. Segundo a Statcounter, o ganho que a empresa teria esperado com o Edge após a chegada do sistema, em julho de 2015, realmente não aconteceu.

Alguns críticos culpam o fracasso do Edge por suas limitações. Ao contrário da maioria dos outros navegadores, a plataforma da Microsoft não roda add-ons ou plug-ins que podem ampliar suas funcionalidades.

O Firefox, por sua vez, ficou logo à frente da Microsoft, com 15,6% em abril - mas apenas porque caiu menos do que o rival, já que tinha 15,7% em março.

Enquanto isso, a participação do Chrome só continua subindo, tendo alcançado 60,5% em abril após atingir 60,1% em março.

Caso essa tendência se mantenha, a fatia do navegador do Google será mais do que o dobro do que o Firefox e os browsers da Microsoft logo no próximo mês de junho.

Já o navegador da Apple, o Safari, se manteve com apenas 4,6% nos últimos meses.