Disney registra patente para impressora 3D "instantânea"

IDG News Service
04/05/2016 - 12h30
Tecnologia usaria luz de alta intensidade para solidificar resina foto-sensível em processo único

A Disney Research registrou uma patente para uma tecnologia de impressão 3D que usa luz de alta intensidade para solidificar resina foto-sensível em um processo único, removendo a necessidade de impressão camada por camada. A patente descreve uma máquina que conseguiria imprimir quase que instantaneamente.

"Atualmente, a impressão 3D é extremamente lenta e consome tempo. Por exemplo, pode levar várias horas para imprimir um único objeto 3D mesmo que esse seja relativamente pequeno", descreveu a companhia no registro de patente que destaca que o processo de impressão 3D convencional é limitado pela velocidade do mecanismo que move a cabeça da impressão, que o faz camada por camada.

De forma parecida com a impressão 3D por estereolitografia (SLA), a impressão 3D da Disney por "Adição Volumétrica Através de Seleção de Matriz Fluida" usa dois ou mais feixes de luz para endurecer a resina fotossensível.

Mas diferente de impressoras SLA, a proposta da Disney não iria endurecer a resina desenhando o contorno de um objeto camada por camada. Ao invés disso, o objeto inteiro seria projetado no centro da resina, criando um modelo inteiriço de uma única vez.

A patente descreve uma “luz azul” com 450 nanômetros (nm) de comprimento de onda, uma “luz violeta” com 405 nm de comprimento de onda e uma “luz ultravioleta” com comprimento de 365 nm. A impressora 3D usaria resinas que são menos afetadas pela luz ambiente. A resina fotossensível também precisaria tanto absorver e transmitir a luz no comprimento de luz. 

O objeto impresso, que seria suportado por uma fina resina, poderia simplesmente ser retirado uma vez que for concluído.

A patente diz que, em diferentes testes, uma impressora 3D usando líquidos foto ativados se provaram eficientes em gerar objetos tridimensionais em minutos.

A nova tecnologia não é a primeira tentativa da Disney na manufatura aditiva. A Disney Research registrou uma patente para uma impressora 3D que funciona como uma impressora de fabricação de filamento fundido, mas corta padrões usando tecidos “de prateleira”. As camadas de tecido são então colados com um adesivo sensível ao calor.