Netflix rebate números de audiência da NBC: "não refletem a realidade"

Da Redação
18 de janeiro de 2016 - 15h41
Pesquisa da rede TV revelada na última semana alega ter descoberto dados de alcance de seriados como Narcos e Jessica Jones.

Como já era esperado, o Netflix não gostou nada da rede americana NBC ter encomendado um estudo para descobrir os números de audiência do serviço de streaming naquele país. Em participação no Television Critics Association, o diretor de conteúdo do Netflix, Ted Sarandos, criticou o pesquisador da NBC, Alan Wurtzel, por publicar o que chamou de “dados impressionantemente imprecisos” sobre o streaming dos seus seriados originais.

“Espero que eles não tenham gasto nenhum dinheiro nisso”, disse Sarandos sobre a pesquisa encomendada pela NBC junto à empresa de tecnologia Symphony.

Segundo ele, a metodologia usada no estudo “não reflete nenhum senso de realidade que acompanhamos”. O executivo ainda afirmou que contabilizar espectadores da mesma maneira que redes de TV tradicionais não é importante para um serviço de streaming como o Netflix.

No entanto, apesar das críticas contra a rival, o Netflix continuou mantendo em segredo os números sobre o seu alcance em espectadores.

Vale lembrar que recentemente o serviço de streaming de vídeo anunciou uma expansão global com o lançamento em mais 130 novos países. Com isso, a empresa agora leva seus conteúdos para cerca de 190 nações pelo mundo.

Entenda o caso

A NBC contratou a empresa de tecnologia Symphony para realizar uma estimativa sobre o alcance dos programas do serviço de streaming nos EUA. Para isso, a companhia com sede em San Francisco usa uma tecnologia de reconhecimento de conteúdo por meio de áudio. Um app carregado nos celulares dos usuários rastreia a audiência por meio da trilha de cada programa – a empresa possui uma amostragem de cerca de 15 mil aparelhos atualmente.

Revelados na última semana, durante um evento para a imprensa nos EUA, os dados incluem programas originais do Netflix conhecidos do grande público, como Jessica Jones, Master of None e Narcos, estrelado pelo ator brasileiro Wagner Moura. 

 

Feito entre setembro e dezembro de 2015, o levantamento aponta que Jessica Jones teve uma média de 4,8 milhões de espectadores com idades entre 18 e 49 anos no período, enquanto que Narcos registrou 3,2 milhões e Master of None um pouco mais, 3,9 milhões.