Google Play ganha sistema inédito de recarga no Brasil

Da Redação
24/11/2015 - 10h16
Processo do Recarga Google Play será igual ao já adotado para a compra de créditos em celulares pré-pagos

A explosão nas vendas de smartphones fez com que o Brasil se tornasse o segundo colocado em número de downloads de apps e games no Google Play, a loja virtual do Android, segundo a consultoria App Annie, ficando atrás somente dos Estados Unidos. Mas muitos brasileiros ainda não têm acesso à Google Play, mesmo já possuindo um smartphone Android, por não terem acesso a um cartão de crédito ou aos vales-presente vendidos pelo Google em 3,2 mil estabelecimentos comerciais desde novembro do ano passado. Pensando nisso, a empresa decidiu criar no Brasil um sistema de recarga para a Google Play.

"O sistema do Recarga Google Play é o mesmo adotado para a compra de créditos em celulares pré-pagos", explica Cristiano Andrade, Gerente de parcerias de varejo, responsável por coordenar a implantação. "Estamos usando inclusive a mesma nomenclatura da recarga, para facilitar o entendimento".

Para garantir capilaridade, o Google recorreu a duas grandes distribuidores de recarga de telefonia, a Tendência e a RV Tecnologia. Segundo Cristiano Andrade, a cobertura das empresas é complementar hoje, atingindo praticamente todas as cidades com mais de 10 mil habitantes no país. "Nessas cidades há pelo menos um ponto de recarga", afirma.

googlerecarga1

A intenção do Google é a de atender aos 70% da população que vive em cidades com menos de 500 mil habitantes. O serviço de recarga já está disponível em todo o país desde a semana passada, mas só agora o Google começa a divulgação em massa.

Ao todo, são hoje 250 mil estabelecimentos comerciais (incluindo lotéricas, bancas de jornais e pequeno comércio varejista) oferecendo a recarga para a Google Play. Número que deve subir para pouco mais de 300 mil até o fim do mês, início de dezembro.

Entre os valores de disponíveis há também uma novidade. Além dos mesmos valores dos vales-presente - R$30, R$50 e R$100 - o sistema de recarga também tem a opção do crédito de R$ 15.  "Nos testes que fizemos no centro de São Paulo e no ABC, e também durante essa primeira semana de disponibilidade em todo o país, 15 reais foi o valor de maior saída na primeira recarga. Depois, nas recargas seguintes, já tendo experimentado a Google Play, os valores aumentam", comenta o executivo.

É a primeira vez que o Google experimenta o sistema de recarga para a Google Play em todo o mundo. O modelo mais usado para inserção de crédito é o do vale-presente. Entretanto, os vales-presente têm um alcance restrito aos grandes centros urbanos, onde estão instaladas a maioria das lojas das redes conveniadas.

Como funciona
O lançamento é importante para o Google porque disponibiliza uma forma de comprar créditos do Play que tem a ver com o dia a dia dos brasileiros. Segundo a Anatel, os aparelhos pré-pagos representam 75,6% da base de celulares ativos no país.

Googlerecarga2

Para usar o novo sistema, os potenciais clientes, proprietários de dispositivos Android, terão somente que encontrar um estabelecimento identificado com o adesivo “Recarga Google Play” - a empresa distribuiu mais de 500 mil deles, dois por estabelecimento credenciado  - e informar ao atendente o quanto gostariam de “carregar” na loja, respeitando o valor mínimo de 15 reais.

O sistema gera um recibo com um código para o usuário fazer o resgate do valor no Google Play. Os créditos podem ser usados para comprar qualquer tipo de conteúdo, como filmes, livros, revistas e até mesmo para adquirir itens dentro dos aplicativos disponíveis para a plataforma Android. Valem também para a assinatura do serviço de streamming de músicas da Google,que custa hoje R$ 14,90 por mês.

Passo a passo
Para inserir os créditos na Google Play o usuário precisa cumprir as seguintes etapas:

1 - Localizar o código no cartão pré-pago

Códigogooglerecarga

2 - Abrir a Play Store, tocar no ícone das três linhas e na opção "Resgatar"

3 - Inserir o Código

inserircódigorecarga

4 - Confirmar a sua conta ou criar um novo perfil de faturamento