Mozilla corta recursos do Firefox para deixar navegador mais ágil

PC World / EUA
23 de novembro de 2015 - 16h29
Empresa anunciou fim dos chamados grupos de abas e "temas pesados" no futuro próximo.

A Mozilla quer reduzir o número de recursos do Firefox para poder ser mais ágil com o lançamento de novidades. Para isso, o navegador vai perder duas ferramentas em breve.

Mas a empresa aposta que poucas pessoas vão realmente sentir falta desses recursos.

O primeiro são os grupos de abas (Tab Groups), um recurso lançado em 2011 com o Firefox 4. A ideia por trás do Tab Groups era pegar algumas páginas web e agrupá-las, de modo parecido com pastas de apps no seus smartphones.

Enquanto quando você precisasse dessas páginas, clicava no grupo de abas e elas apareciam. É possível criar um Tab Group para a manhã, por exemplo, que abre seu e-mail e documentos colaborativos quando você chega no escritório. O grupo de abas também pode ser usado para manter várias abas organizadas durante uma busca.

Apesar de parecer interessante no papel, a Mozilla revelou que pouca gente estava usando o recurso. 

Temas pesados

A Mozilla também está se livrando dos temas completos (ou “peso pesados”). Quando instalados, esses temas completos renovam/mudam basicamente todos os aspectos do visual do Firefox (tudo menos a página web). A mudança não descarta os temas leves que apenas adicionam cores ou uma imagem no topo da janela do Firefox.