Desafio premia soluções que ajudem empresas lideradas por mulheres

Da Redação
28 de julho de 2015 - 10h00
WVEF Tech procura ideias que ajudem os empreendimentos a divulgarem seu negócio de forma visual e intuitiva.

Em parceria com o Google e a CI&T, o International Trade Centre (ITC) lançará uma plataforma para aumentar a visibilidade de empreendimentos capitaneados por mulheres no mercado internacional.

Segundo a instituição, a dificuldade de identificar esses negócios é um dos principais problemas para as companhias interessadas e fomentar seu desenvolvimento. Para superar esse obstáculo, o ITC lançou o Desafio WVEF Tech, onde desenvolvedores submetem soluções de tecnologia que abordem o problema de forma criativa.

As soluções devem ajudar os empreendimentos a descreverem seu negócio de maneira visual e intuitiva, além de permitirem que os compradores de empresas descubram de forma fácil e dinâmica as companhias que atuem em todo o mundo. O objetivo final é fomentar a expansão dessas organizações.

O desafio envolverá participantes internacionais e promoverá Hangouts on Air para a compreensão do quadro feminino. As ideias submetidas serão pré-selecionadas para um encontro com um dos Grupos do Google Developers (GDGs), no qual o projeto será validado. Os participantes participarão de uma hackathon organizada pelos GDGs, onde os 10 melhores serão divulgados.

Os finalistas apresentarão suas ideias e descobrirão os vencedores na Women Vendors Exhibition and Forum 2015, para onde viajarão com as despesas pagas.  O evento de negócios acontece nos dias 2 e 3 de setembro de 2015, em São Paulo.

Para participar, os interessados podem formar equipes de no máximo 3 pessoas (no mínimo uma deve integrar o setor tecnológico) para construírem soluções para que empresas pertencentes a mulheres participem  do mercado global em  proporção igualitária.

Os candidatos devem possuir experiência com o desenvolvimento para web e dispositivos móveis, bem como compreensão das ferramentas do Google e do Android. É importante conhecer a cultura de negócios e APIs de mídias sociais.

As inscrições vão até o dia 31 de julho neste endereço.