Denúncias de revenge porn quadriplicam no Brasil em 2 anos

Da Redação
06 de julho de 2015 - 16h16
Segundo a organização SaferNet, foram 224 casos registrados em 2014. Dificuldade de punição permite aumento dos registros.

O número de internautas que procuraram ajuda pelo SaferNet por vazamento de fotos e vídeos íntimos na web chegou a 224 no ano passado, de acordo com um levantamento da própria organização de defesa dos direitos humanos na Internet.

Segundo a SaferNet, o número registrado em 2014 é quatro vezes maior ao de 2012, quando foram 48 casos do tipo. As mulheres são as principais atingidas pelo vazamento de imagens íntimas e representam 81% dos casos denunciados no Brasil no último ano.

Vale destacar ainda que, de cada quatro vítimas, uma é menor de idade. Ou seja, tem menos de 18 anos.

Em entrevista para o UOL, a coordenadora psicossocial da SaferNet, Juliana Cunha, afirma que os casos continuam crescendo por conta da sensação de impunidade, já que a lentidão e a impunidade ainda imperam na hora de punir o responsável pelo vazamento.