Sai do ar site que divulgava CPF de brasileiros sem autorização

Da Redação
07 de maio de 2015 - 13h08
Página foi retirada do ar pela empresa de domínios GoDaddy após notificação do Ministério da Justiça.

O site Nomes Brasil, que causou revolta ao divulgar CPF de brasileiros sem autorização na web, saiu do ar nesta quinta-feira, 7/5, após o serviço de hospedagem GoDaddy ser notificado pelo Ministério da Justiça.

Após ser procurada pelo IDG Now!, a assessoria do GoDaddy confirmou que o serviço, que fornecia acesso ao GoDaddy pelo domínio nomesbrasil.com, retirou a polêmica página do ar logo após receber a notificação do Ministério da Justiça no fim da tarde de ontem, 6/5.

Além disso, um abaixo-assinado iniciado há cerca de uma semana reuniu quase 130 mil assinaturas de brasileiros pedindo a retirada do site do ar.

Ilegal e perigoso

De acordo com a especialista em direito digital e sócia do Assis e Mendes, Gisele Arantes, a prática do Nomes Brasil é ilegal e vai contra o Marco Civil da Internet. “O dono do site pode responder judicialmente por isso, já que fere o Marco Civil em relação à privacidade dos dados. A página também viola o Marco e a constituição em relação ao anonimato, já que não tem identificação, o que deveria estar claro”, afirma. 

 

Como aponta Gisele, os dados divulgados podem ajudar cibercriminosos a cometerem fraudes e darem golpes pela Internet. “Se olharmos isso de forma geral, o número do CPF e o nome da pessoa, juntamente com informações que podem ser obtidas em outros e mídias sociais, oferece um verdadeiro dossiê sobre os usuários.”