Chrome passa a barreira dos 20% de usuários e assume segundo lugar

Gregg Keiser - Computerworld EUA
03/08/2014 - 17h06
Navegador da Google fica em segundo lugar no ranking da Net Aplications. Firefox em queda tem agora 15,1% da base instalada. Microsoft IE está em primeiro com 58%

O Chrome, browser de internet da Google, quebrou a barreira de 20% de participação de base instalada pela primeira vez em julho, segundo dados publicados nesta sexta-feira, 01/08, pela empresa de métricas de web Net Applications.

A fatia de 20,4% de instalações para o Chrome coloca o browser solidamente no segundo lugar no ranking. Como nesse jogo o sucesso de um é a queda do outro, o perdedor é o browser Firefox, da Mozilla, que com 15,1% das instalações assumiu em julho o terceiro lugar com a menor taxa de participação de mercado desde outubro de 2007, um ano antes do lançamento do Chrome. Nos últimos três meses, o Firefox caiu pelo menos dois pontos percentuais de participação.

Em primeiro lugar no ranking fica o Internet Explorer (IE) da Microsoft, com 58% das instalações. O Safari, da Apple, está em quarto lugar, bem longe, com 5,2% de participação e o Opera na rabeira com 1%.

browser marketshare 620

Esse não é o melhor momento para o declínio do Firefox. O contrato comercial da Mozilla com a Google termina em novembro, quando a fundação terá de renegociar as bases do acordo pelo qual o Google é o mecanismo de busca padrão do Firefox, pagando uma bela soma anual pelo privilégio. Em 2012, último ano em que dados financeiros estão disponíveis, a Google pagou à Mozilla US$ 272 milhões, o que representou 88% da receita anual da fundação.

Na hora de renovar este ano, a Mozilla vai renegociar numa posição muito mais enfraquecida, tendo perdido 34% de participação de usuários desde julho de 2011.