Guilherme Felitti, do IDG Now!" />

Brasil atingiu 66,3 milhões de internautas em 2009

Guilherme Felitti, do IDG Now!
10/02/2010 - 11h14
Brasileiros bateram recorde de navegação mensal de 44 horas, no ano passado. Acesso residencial somou 28,5 milhões, informa Ibope Nielsen Online.

O Brasil registrou 66,3 milhões de brasileiros com acesso à web em 2009, considerando conexão em casa, no trabalho e em locais públicos, informou o Ibope Nilsen Online nesta quarta-feira (10/2).

Pelo critério do Ibope, o número reflete o número de brasileiros com a possibilidade de conexão em dezembro, sem que necessariamente todos tenham navegado.

O número de internautas ativos no Brasil (ou seja, que navegou comprovadamente no período) atingiu 36,6 milhões em dezembro tanto em casa como no trabalho.

Como não mede o acesso vindo de pontos de acesso público, o Ibope não contempla LAN houses e telecentros entre os internautas ativos no Brasil.

Os brasileiros se mantém na liderança em horas mensais navegadas, em relação aos outros países pesquisados pela Nielsen.

Em dezembro de 2009, o Brasil registrou uma média de 44 horas navegadas, superando Estados Unidos (40 horas mensais), Austrália (39 horas) e França (38 horas).

O número de internautas residenciais chegou a 28,5 milhões de brasileiros, aumento de 16% em relação aos 24,5 milhões registrados em dezembro de 2008.

A comparação com o total de internautas ativos no Brasil no ano anterior não é possível já que o Ibope Nielsen Online só começou a computar o acesso dentro das empresas em maio.

Na ocasião, a consultoria afirmou que o País atingiu 34,5 milhões de internautas, o que configura aumento de 6% no número referente a dezembro de 2009.

"Não é um crescimento pequeno, mas domicílios tá crescendo mais. As pessoas estão navegando mais em casa mesmo. Se ele usava antes em outros lugares (como trabalho ou LAN house), ele está deixando para navegar em casa", afirma o analista de internet do Ibope Nielsen Online, José Calazans.

O que atraiu mais audiência no Brasil
Entre as categorias que mais atraíram atenção dos brasileiros, a Telecom/Serviços de Internet lidera, com 34,58 milhões de internautas e tempo mensal médio de navegação de 9 horas.

A categoria inclui serviços de e-mail, comunicadores instantâneos e sites de download e hospedagem.

Na segunda posição está a categoria Buscadores, Portais e Comunidades, com 34,51 milhões de internautas e 6 horas e 43 minutos de tempo médio navegado durante o mês.

Além de redes sociais, como Orkut e Facebook, a categoria contempla também acesso a plataformas de blogs, como Blogspot e WordPress, além de buscadores (como Google, Yahoo e Bing) e portais (como UOL, iG, Terra, Globo.com, MSN e Yahoo).

A categoria Entretenimento, que engloba sites de vídeos (como YouTube e vídeos de portais), espores, games, música, humor e adultos, aparece em terceiro, com 31,6 milhões de internautas e 4 horas e 55 minutos médios em dezembro.