Redação e Daniela Braun, do IDG Now!" />

Opera atualiza navegador com recurso para compartilhar dados do PC

Redação e Daniela Braun, do IDG Now!
23/11/2009 - 14h49
Versão 10.10 do software tem como destaque a tecnologia Opera Unite, que abre acesso a conteúdo por meio de um servidor web embutido.

A norueguesa Opera lançou nesta segunda-feira (23/11) uma nova versão de seu navegador. O Opera 10.10 vem com uma tecnologia que permite compartilhar conteúdo pessoal entre vários dispositivos de acesso.

O recurso, chamado Opera Unite, é oferecido como padrão no Opera 10.10. Para que isso fosse possível, a Opera empacotou em um só programa um navegador e um servidor web.

A ideia, segundo a empresa, foi "desafiar o senso comum" de compartilhar arquivos na web com métodos "parcialmente privativos".

No documento de lançamento a empresa afirma, em tom de manifesto, que com o Opera 10.10 "nós seremos cidadãos iguais na web".

"Em vez de receber dados, nossas máquinas podem agora mandá-las para o mundo", completa.

Direito autoral
"Estamos animados porque vamos oferecer uma opção ao internauta de compartilhar conteúdos independente da plataforma", afirmou o brasileiro Patrick Browne, executivo de marketing da Opera Software, em entrevista ao IDG Now! durante a 1ª Conferência Web W3C Brasil, em São Paulo.

O compartilhamento de conteúdos ilegais pelo Opera Unite é uma preocupação da empresa, que ressalta sua posição  como defensora dos direitos autorais. "Não defendemos o uso ilegal [da ferramenta] mas não podemos negar que as pessoas possam fazer isso porque elas também podiam fazê-lo por e-mail", diz Browne.

Para usar o Unite, o usuário deve criar uma conta no site da Opera. Uma vez que tenha login e senha, ele já poderá sincronizar seus arquivos entre PCs.

De acordo com o executivo, a ferramenta também vai incentivar a criação de aplicativos próprios para compartilhar conteúdos, incluindo ensino a distância, fotos e o microblog Twitter.

Uma aplicação do Opera Unite consiste em transformar seu PC em uma jukebox online. A partir de qualquer navegador será possível ouvir as músicas armazenadas no computador com Opera.

Banda brasileira
Outra novidade do Opera 10.10 é a tecnologia de compressão Turbo, para melhorar a experiência de navegação em conexões lentas.

O Turbo é uma das apostas da Opera para ganhar participação em países emergentes como o Brasil, onde a velocidade do acesso à internet costuma ser instável. "Em países com banda larga variável, a compactação do conteúdo de um site torna a navegação mais rápida e barata, especialmente quando se trata do acesso móvel", ressalta o executivo.

De olho no mercado brasileiro, a Opera lançou uma versão em português de seu site e está disposta a expandir a comunidade de desenvolvedores no País. "Hoje temos cerca de dez colaboradores muito ativos e uma comunidade de 3,7 mil no Orkut", informa Browne, que é carioca e foi contratado há cerca de um ano e meio para atuar na sede da Opera, em Oslo, na Noruega.

Tabs visuais
Na interface, uma novidade são as "tabs visuais", em que cada aba aberta ganha uma imagem em miniatura do site acessado.

O uso do Opera Unite pode levantar questões sobre segurança, mas a empresa diz que o recurso só dá acesso para os arquivos e pastas determinados pelo usuário.

O Opera 10.10 está disponível para windows, Mac OS, Linux (x86 64 bits, PowerPC e i386), FreeBSD (i386 e AMD64) e Solaris (Sparc e Intel).