Redação do IDG Now!" />

Amazon e Warner Music anunciam acordo para venda de MP3 sem DRM

Redação do IDG Now!
27/12/2007 - 15h05
São Paulo - Loja da Amazon sai na frente da Apple e fecha acordo para vender canções de artistas como AC/DC, Black Sabbath, e Eric Clapton sem DRM.

O serviço de e-commerce Amazon.com e a Warner Music anunciaram acordo nesta quinta-feira (27/12) para vender canções digitais de artistas da gravadora sem tecnologia anticópias, fazendo com que o Amazon MP3 seja o primeiro a contar com o catálogo livre da Warner.

Responsável pela obra de artistas como AC/DC, Black Sabbath, Björk, Eric Clapton e The Doors, a Warner Music será  a segunda grande gravadora a fechar acordo com a Amazon MP3 para vender músicas digitais sem DRM, além de dezenas de selos menores.

A iTunes Plus, versão da badalada iTunes Music Store que vende arquivos sem restrição DRM, continua com sua única parceria com a EMI, também presente na Amazon MP3, como única das quatro gravadoras aliadas à Apple na comercialização de músicas sem restrições de cópia.

Primeira iniciativa de apoiada por uma grande empresa de internet na venda de músicas sem DRM, canções no Amazon MP3 têm preços que variam entre 89 centavos de dólar e 99 centavos de dólar e álbuns podem ser comprados inteiros variam entre 5,99 dólares e 9,99 dólares.

Com o acordo com a Warner, o catálogo da Amazon MP3 atinge 2,9 milhões de canções digitais, menos da metade dos 6 milhões de arquivos oferecidos pelo iTunes Music Store, cujos contratos com as gravadores prevêem integração de tecnologia DRM nas músicas.

No Brasil, a loja de música digital do iG, chamada de MusiG, começou a vender canções sem tecnologia DRM em dezembro graças a acordo com a gravadora Tratore.