Stranger Things e Game of Thrones podem trazer lições para sua carreira

Da Redação
16/05/2018 - 16h09
Lições sobre trabalho em equipe, gestão do tempo e superação de relações interpessoais transitam pelas séries analisadas pela Page Talent

Criatividade, trabalho em equipe, atenção às referências culturais, capacidade de contornar relacionamentos difíceis. Essas são algumas das características que empresas buscam em jovens profissionais. Mas como aprender? Uma opção pode estar em séries de sucesso.

Juliana França, coordenadora de projetos de Page Talent, unidade de recrutamento especializada em vagas pontuais e programas de estágios e trainees do PageGroup Brasil, comenta que é interessante como os recrutadores e as empresas podem usufruir da repercussão das séries dos canais pagos e de serviços de streaming em prol da jornada profissional dos próprios jovens, que são parte vital da audiência dessas obras.

"Lições sobre trabalho em equipe, gestão do tempo e superação de relações interpessoais mais difíceis sutilmente passam a fazer parte da vida dos fãs de séries, claro, dentro de uma linguagem muito agradável e artística, mas que é poderosíssima para gerar ilustrações e até mesmo para estimulá-los a pensar nesses desafios. Processos de recrutamento e seleção, por exemplo, podem usar argumentos desenvolvidos nas séries para criar dinâmicas, fomentar interpretações inusitadas e até mesmo entender melhor a visão de mundo de um jovem, a partir das referências comentadas", afirma.

A Page Talent analisou quatro séries que estão entre os maiores sucessos mundiais recentes que conquistaram os jovens.

Sense8 (necessidade de achar soluções trabalhando em equipe)

A série mostra um grupo de pessoas que estão interligadas. O mais marcante pensando no aprendizado prático que pode ser usado dentro de um empresa, sem dúvidas, é o trabalho em equipe. Cada personagem passa por problemas durante sua vida e os oito protagonistas se unem para ajudar uns aos outros, cada um da maneira que lhe é possível, sempre a partir de suas habilidades – marcas pessoais. Em resumo, em um trabalho em grupo o mais importante é cada um trazer para a mesa o que tem de melhor. Os jovens precisam, desde cedo, incorporar essa premissa.

Strangers Things (importante cultivar referências culturais e de mercado)

A grande lição da série é que ela se passa nos anos 80 e tem uma trama envolta em todas as manias da época: pense em jogos de RPG, realidades paralelas, experimentos militares secretos, xerifes, walkie-talkies e crianças de bicicleta. Mas o que isso traz de aprendizado para o ambiente de trabalho? A importância do jovem profissional estudar as referências de conhecimento e cultura, não apenas do seu mercado de atuação, mas da sua própria formação em si. O bom repertório cultural é um belo ativo para criar network, extrair aprendizados de conversas com profissionais mais experientes, enfim, é fundamental para construir uma imagem maturidade e interesse profissional.

House of Cards (parceria com pessoas de objetivos em comum)

Em House of Cards os dois personagens principais, Frank e Claire, funcionam tão bem juntos, pois possuem um objetivo e foco em comum: a obstinação para atingir resultados. Mas, em nosso viés de aprendizado, o mais importante é lembrar que para vencer em qualquer campo profissional é preciso contar com a força de pessoas que têm objetivos similares aos nossos, ou seja, de nada adianta você ter foco nas suas atividades, mas não conseguir estruturar e os seus objetivos. É fundamental identificar pessoas que possam lhe ajudar/cooperar com a jornada rumo o crescimento profissional.

Game of Thrones (estratégia como chave para superar o inesperado)

Existem muitas possibilidades de aprendizados nas sutilezas da série Game os Thrones, que aborda a dança política, alteração nos rumos naturais dos fatos, enfim, uma verdadeira ode à necessidade do pensamento estratégico. Em resumo, dentro do ambiente corporativo, capacidade é algo que vale ouro. Mas, sem os estereótipos que o termo pode trazer. Desenvolver a capacidade estratégica exige estudo, dedicação, atenção aos detalhes, e respeito ao trabalho alheio. Nesse sentido, podemos dizer que Game of Thrones é um belo estímulo ao tema. Até para o jovem assimilar a ideia de que o pensamento estratégico pode e deve ser cultivado desde sempre.