Plural

DSP mobile, a nova fronteira

Por Alberto Pardo

O mercado digital está cada vez mais complexo e dinâmico. Ok, nenhuma novidade, certo? Até outro dia, mídia programática era um bicho de sete cabeças junto com siglas e nomes estranhos pertencentes a este ecossistema como RTB, DMP, Ad Exchanges, entre tantos outros. Hoje esta modalidade de compra de mídia é a bola da vez, e anunciantes, agências e publishers estão ávidos para conhecer as novidades, oportunidades, benefícios e riscos.

Listamos abaixo seis dicas que devem ser levadas em conta nas estratégias de veiculação das campanhas publicitárias em DSP mobile:

·   Onde está a audiência?
O mundo está mobile e o consumo de conteúdo também. Em 2013, por exemplo, de acordo com a consultoria IDC, foram comercializados 35,6 milhões de smartphones no Brasil, alta de 123%. No mesmo período a venda de tablets no País teve alta de 157% com 8,4 milhões de unidades vendidas. Por outro lado, a venda de PCs teve queda de 10% com 13,9 milhões de computadores comercializados

·   Tecnologia 100% mobile
Diferente das plataformas originalmente web, as DSPs mobile nascem 100% mobile e programática. O inventário conta com sites e aplicativos em suas Ad Exchanges totalmente adaptados a dispositivos móveis

·   Geolocalização precisa
Uma DSP Mobile oferece geolocalização precisa, baseada no latitude e longitude e na identificação do aparelho, não em cookies

·   Possibilidades de segmentação
É possível segmentar as campanhas por localização, tipo de device (por exemplo, iPhone 5S), sistema operacional (Android, iOS, etc), operadora, sites visitados previamente, aplicativos utilizados, categorias de aplicativos, dia e horário do dia. Além disso, é possível segmentar o público por comportamento, contexto, horário, condição climática, entre outros

·   Dados em tempo real
Plataformas com soluções de real-time targeting possibilitam a visualização de métricas em tempo real e insights sobre a audiência, permitindo que as empresas possam entregar e adaptar a sua mensagem e, ao mesmo tempo, maximizar o desempenho e ROI em suas campanhas

·  Como extrair o máximo de uma DSP?
Como um esporte, a melhor maneira para se obter os melhores resultados é praticar. Anunciantes e agências devem empenhar esforços no entendimento de como opera a ferramenta para extrair as melhores oportunidades na veiculação de campanhas. Há que se arriscar, testar, mensurar e aprender. A solução DSP mobile requer este aprendizado constante das marcas e agências para aperfeiçoar o seu uso.

É fundamental levar em conta tais critérios no momento de decisão sobre como veicular sua próxima campanha publicitária e garantir a melhor relação entre custo e benefício para as marcas endereçarem suas mensagens ao público-alvo.

Alberto Pardo CEO da Adsmovil

Publicada em 28/10/2015 7:00