Edsphere - educação, inovação e negócios

Comunicar também é educar

Publicada em 29/07/2014 9:47

Segundo Jeanne C. Meiste, a Universidade Corporativa é um guarda-chuva estratégico para desenvolver e educar funcionários, clientes, fornecedores e comunidade, a fim de cumprir as estratégias empresariais da organização. Assim, faz parte da missão da empresa treinar seus clientes. E treinar passa primeiro por comunicar. E comunicar tem muito de internet e de uma tecnologia inovadora, a sinalização digital.

A era da sinalização digital ou Digital Signage chegou e talvez você nem tenha percebido. Ela faz parte da nossa vida, dos negócios e do treinamento empresarial. Você vai à praça de alimentação de um shopping, no elevador, entra em um restaurante ou em um hotel e já vê logo um grande monitor mostrando alguma comunicação ou informado as últimas notícias.

Às vezes não precisa ir tão longe. Na sua própria empresa talvez já existam várias TVs divulgando a fala do presidente da empresa ou mostrando os gráficos de desempenho da empresa no último trimestre.

Muitas informações úteis para o trabalho dos colaboradores chegam através desse canal interativo e ele permite o feedback instantâneo, se integrado a um sistema de coleta de dados. A tecnologia ao alcance dos dedos de seus colaboradores e clientes.

Há muita discussão sobre a sinalização digital e seu potencial.  A iSuppli, uma grande empresa de inteligência de mercado, prevê que as vendas globais de sinalização digital vão chegar a 14 bilhões dólares este ano.


Empresas vêm possibilidades de sua aplicação no treinamento de colaboradores, aumento das receitas, na redução de custos e no relacionamento mais saudável  com clientes e funcionários. Mas os monitores atuais são apenas uma pequena parte da equação. O sistema de sinalização digital não vai transformar o seu negócio sem uma estratégia razoável e tendo uma boa tecnologia por detrás dela.

Aqui estão alguns princípios a serem considerados antes de implantar uma plataforma desse tipo, seja internamente ou para seus clientes e parceiros de negócio.

@  Projeto é tudo!|
Um sistema de sinalização digital deve reduzir custos e trazer diferenciais na eficiência, na fidelização de clientes e na motivação dos colaboradores. Entretanto, sem um planejamento e infraestrutura adequada tudo pode se perder  — e o que era uma benção vira um pesadelo.

Mas, o que é planejar e ter uma infraestrutura adequada? O principal ponto do planejamento é ter atenção aos detalhes. Primeiro, avaliar uma boa empresa de software e hardware. Uma que consiga harmonizar seu ponto de venda, por exemplo, nas empresas de varejo, com a sinalização digital. Ou que permitam a interação dos funcionários em locais adequados.

Projetos de sucesso são aqueles em que essa harmonia se reverte em vendas, no entretenimento de clientes em uma fila de caixa ou para a motivação da força de trabalho . Para tanto é fundamental o investimento no projeto de integração do hardware, software e soluções de instalação adequadas.

Um projeto onde os fios de comunicação entre o PC e o monitor são aparentes, onde a tomada de força aparece, elimina a beleza de qualquer veiculação que possa estar passando. Telas pretas de transição entre mensagens é um desafio que tem que ser superado. E, nesse último caso, depende apenas do software com múltiplas zonas de informação.

@ Conteúdo é tudo!!
Existe um mito de que se algo está aparecendo em um monitor de sinalização digital as pessoas irão assistir. Pense novamente. Se o conteúdo não é relevante ou interessante para a pessoa, porque ela deveria ver?

Engajar a audiência para informar, motivar ou persuadir não é somente ter conteúdos criativos, mas é algo que mistura timing, ambiente e relevância. Resumindo: CONTEXTO. Quando o negócio envia mensagens para pessoas baseada em quem elas são, onde estão, o que elas estão fazendo e o que o negócio tem a oferecer, então a sinalização digital irá atender as necessidades dos seus clientes ou colaboradores.

A mensagem que você mostra para uma pessoa jovem que está à procura de um carro pode ser bem diferente daquela que você mostra para uma mãe com filhos na mesma localidade. Ou ainda para os colaboradores do chão de fábrica. Aeroportos em várias partes do mundo mostram mensagens em diferentes línguas dependendo do vôo que está pousando. Com o advento do reconhecimento de face e outras tecnologias sensoriais, mais informações podem ser capturadas pelo sistema de sinalização e usadas para mostrar mensagens mais adequadas ao público do local.

@ Informação em tempo real traz resultados!!!
O contexto é derivado de um conjunto de situações relacionadas a um evento ou situação em particular. Quanto mais foco existir na mensagem ou quanto mais recente for o evento, maior o impacto. Uma informação em tempo real conecta a oportunidade ao resultado. Para muitas empresas isso se torna vantagem competitiva. No varejo, o estoque é um item importante na rentabilidade final. Se o sistema de sinalização digital consegue usar o sistema de estoque e oferecer ofertas para a compra, tanto o cliente como aquela loja se beneficiarão disso. Isso é apenas um exemplo que deve ser aprofundado em mais detalhes, pois a atualização de preço deve levar em conta quem está comprando no momento para não prejudicar clientes que já escolheram aquela mercadoria .

ANÁLISE DE CASO

As agências bancárias irão acabar é o que dizem muitos analistas. O principal motivo seria que as transações estão indo para os canais de internet banking e aplicações móveis. No começo da década passada, os ATMs e o telefone banking seriam aqueles que iriam exterminar as agências. Nada isso aconteceu e não irá acontecer em um futuro próximo.

Aproximadamente quatro entre cinco clientes dizem que esperam ir a uma agência frequentemente, em parte porque 66% ainda preferem “falar com uma pessoa”, em vez de usar o canal online para a compra de um produto.  Dois terços das pessoas consideram as agências não mais de que uma pequena inconveniência e metade mudariam de banco por causa disso. Quase 60% dos produtos tradicionais são vendidos pelas agências de acordo com uma pesquisa feita no Estados Unidos. Assim, elas ainda se mantêm como o canal mais importante desse segmento.

O Bradesco está fazendo um movimento agressivo utilizando digital signage. Sua nova agência no Shopping Villa Lobos, em São Paulo, mostra o uso dessa tecnologia para comunicar seus produtos e serviços. A remodelação é total. Das ATMs à recepção de clientes, tudo mudou.

Uma das novidades é o uso da testeira da ATM como forma de sinalização digital. O uso de micro tiles em conjunto com um player multizone permite que sejam mostrados  vídeos individuais ou um único vídeo em alta resolução cobrindo todas as ATMs,  sem a irritante tela preta de transição entre mensagens. Esses micros tiles tem resolução de 720 x 540 pixels com poder de iluminação que se vê do restaurante ao lado.

Uma TV de 75 polegadas virou um supertablet à frente da agência, usado como uma vitrine digital gigante para a divulgação dos produtos e serviços aos futuros clientes. Dentro, a reforma foi também abrangente. Para os usuários dos serviços que estão esperando em alguma fila de atendimento um Vídeo Wall com nove TVs de 46 polegadas passa informações e entretenimento.  Um totem multitouch interativo de 46 polegadas na vertical permite ao cliente verificar os custos dos serviços bancários. As atendentes usam tablets integrados as salas de reunião que informam ao gerente quem é a pessoa, seu perfil e em qual sala ele se encontra. Nela, uma TV de 46 polegadas passa mensagens específicas para o perfil daquele cliente.

O uso da plataforma de sinalização digital nas mais de 100 agências integradas nesse sistema, chamado de TV Cliente, permitiu ao Bradesco reduzir em 75% as reclamações dos usuários em fila e aumentou a procura pelos serviços e produtos do banco em 30%.

Quer saber mais? Têm experiências semelhantes com outros fornecedores desse mercado? Vamos conversar!!!!

Até a próxima.