Circuito Deluca

e-Commerce supera expectativas e cresce 24% em 2014

Publicada em 06/01/2015 7:25

De acordo com a e-bit, empresa especializada em informações do comércio eletrônico, o setor movimentou R$ 35,8 bilhões em 2014, crescendo, nominalmente, 24%, em relação a 2013, superando as expectativas de executivos do setor. Ao longo do ano foram mais de 103,4 milhões de pedidos realizados, a um tíquete médio de R$ 347. E 51,5 milhões de consumidores únicos, dos quais 10,2 milhões fizeram sua primeira compra online.

Para Pedro Guasti, diretor executivo da e-bit, diversas liquidações ajudaram a tornar o e-commerce mais atrativo. A Black Friday contribuiu muito. “O resultado da ação, apesar de esperado, rendeu ao e-commerce R$ 1,16 bilhão, o que comprova que o modelo vem fazendo sucesso com os consumidores e lojistas, quebrando todos os recordes de faturamento em um único dia”, afirma Guasti.

Para 2015, apesar da retração esperada na economia do país, a e-bit prevê um crescimento nominal de 20%, atingindo faturamento estimado de R$ 43 bilhões.

“Será um ano bastante desafiador para o varejo em si, entretanto, nada que afete muito o comércio eletrônico, onde se concentram os melhores preços e condições. Acreditamos que o e-commerce continuará com crescimento bom, sobretudo nas vendas via mobile”, aposta Guasti.

Em Fevereiro, a E-bit divulga a 31ª edição do relatório WebShoppers, com o estudo completo sobre o e-commerce brasileiro em 2014.