Circuito Deluca

iBeacon invade os aeroportos

Publicada em 26/06/2014 15:54

Você chega ao saguão do aeroporto e o seu celular vibra. Você acaba de receber uma mensagem da companhia aérea informando o número do balcão onde você deve fazer o check-in. Ao terminá-lo, o celular recebe informações de confirmação do voo, o tempo estimado para o embarque e o número do portão. Caso aconteçam mudanças no horário do voo ou no portão de embarque, novamente seu celular irá vibrar. Tudo isso, automaticamente, graças ao uso da tecnologia iBeacon.

Um projeto piloto já está em andamento com a American Airlines no Dallas Forth Worth International Aiport (DFW). A companhia aérea é uma das primeiras no mundo a usar o Common-use Beacon Registry, produto da SITA, especializada em soluções de TI para o transporte aéreo.

Introduzida junto com iOS 7, a iBeacon é a resposta da Apple ao NFC. Usa o padrão Bluetooth 4.0 LE para mapear a localização dos usuários. Mas ao contrário do NFC, dispensa a aproximação física dos aparelhos (de menos de 4 cm) para o enviar de notificações. Basta que o usuário esteja dentro do raio de ação dos sensores espalhados no ambiente, alguns metros distantes uns dos outros, e tenha instalado em seu celular aplicativos disponibilizados pelas marcas ou estabelecimentos, autorizados a se comunicarem com os sensores. Como usa o padrão Bluetooth 4.0 LE, esses aplicativos podem ser usados em aparelhos iOS 7 (iPhone 4s, 5, 5s, 5c, iPad 3, 4, Air, mini, mini Retina e iPod touch de 5ª geração) e qualquer smartphone com Android 4.3 ou superior.

“Nós lançamos a tecnologia Beacon da SITA para oferecer à indústria um único ponto de contato para uso comum de sensores implementados em qualquer aeroporto do mundo. Com ele, aeroportos podem controlar e compartilhar dados, assim como as companhias aéreas e seus parceiros comerciais podem compartilhar informações precisas e relevantes para os passageiros, incluindo promoções”, explica Jim Peters, diretor de tecnologia da SITA.

Os sistemas da SITA são usados em mais de 525 aeroportos no mundo. O programa-piloto no Aeroporto Internacional de Worth Dallas/Fort (DFW) é o maior do mundo em implantação de beacons.

A American Airlines planeja lançar o programa para usuários em determinadas rotas e aeroportos da América do Norte. “A tecnologia Beacons fornece uma oportunidade fantástica para aprimorar a experiência do passageiro, mas para isso deve ser implantada de forma consistente em todos os aeroportos”, afirma Phil Easter, diretor de aplicativos de dispositivos móveis da American Airlines.

Uma API está disponível para desenvolvedores de aplicativos que desejem utilizar o sistema da SITA para criar apps relacionados a viagens.
Richard Branson certamente tem algo em mente nesse sentido para os passageiros da Virgin Atlantic. A companhia também está trabalhando em um sistema baseado na iBeacon, usando a infraestrutura instalada no Aeroporto Heathrow de Londres (LHR).

Um dos principais usos a ser considerado é o acompanhamento de bagagem, que normalmente é um aborrecimento nos aeroportos. Beacons ligados à etiqueta de bagagem podem ajuda o passageiro acompanhar o trajeto e saber quando e onde para pegá-las.
“Por enquanto estamos explorando superficialmente as vantagens que esta tecnologia pode oferecer aos nossos clientes. No futuro, esperamos personalizar ainda mais as ofertas aos passageiros, com notificações sobre a possibilidade de upgrades a partir dos programas de fidelidade”, disse ao E&T Reuben Arnold, diretor de engajamento da Virgin Atlantic.

Será a primeira vez que a tecnologia iBeacon será aplicada em grande escala no Reino Unido.

O rastreamento de bagagens via iBeacon já é especialidade da Calypso Crystal, criadora da etiqueta de identificação CalypsoTag, disponível para venda no site da empresa. O sensor iBeacon presente na etiqueta informa sobre sua presença da mala na esteira.

  • Pedro Inzaghi

    Bom dia. Você viram que esta empresa, http://www.tagpoint.com.br, já usa esta tecnologia no Brasil? Vocês conhecem mais alguém? Abraço!

  • Fábio Collares

    Cara, eu vi isso! Mas os caras da tal TagPoint têm uma visão mais abrangente da utilização da tecnologia. Me parece que este pessoal, que é do sul, tem uma ideia mais ampla, utilizando para vários segmentos.

  • Daniel Della Savia

    isso me cheira a merchan descarado, hein…

  • Joao

    cara o tag point a pessoa precisa ter o app da tag point! eu desenvolvo o app para a sua marca com o recurso do seu ibeacon sem que vc precise de um app externo
    http://www.meumobapp.com

  • Bruno Ramos

    Eu trabalho como distribuidor na expansão da TagPoint e temos uma rede de clientes. Se seu aplicativo João puder entegrar com o nosso SDK, assim como estamos fazendo com várias redes de franquias, shoppings, etc que possuem aplicativos próprio, os poderão usufruir dessa rede também, pois todos também receberão sua campanha e você já começa na frente. Esse site mostra tudo sobre a tecnologia: tagpointapp.com.br