Circuito Deluca

Domínio .RIO já está na raiz da internet

Publicada em 23/05/2014 8:06

Está dominado!

Significa que, se a prefeitura da cidade quiser, poderá usá-lo para os seus sites assim que expirar o prazo padrão de 120 dias no qual apenas o registro “nic.rio” é autorizado _ o que acontecerá no fim de junho. E desde que os nomes de domínios não integrem a lista de bloqueio elaborada pela ICANN, para evitar colisão.

Os domínios “prefeitura.rio”, “copacabana.rio” ou “carioca.rio”, por exemplo, não poderão ser usados até o fim deste ano. Já os domínios “2016.rio”, “rio2016.rio”, “jogos2016.rio” ou “jogos.rio” estão liberados, segundo Rubens Kühl, gerente de Produtos e Mercado do Registro.br, braço do Nic.br que foi contratado pelo município para administrar o domínio .RIO.

Em 2015 o Rio de Janeiro faz 450 anos, e o domínio “450.rio” também está liberado! Seria interessante vê-lo usado junto com a logomarca recém anunciada pela prefeitura do Rio, que identificará os eventos comemorativos programados para o ano que vem, começando pelo Réveillon.


Consta que a intenção da prefeitura é usar o domínio .RIO como canal oficial da cidade Rio e das políticas públicas para os cariocas. Ele será a identidade digital do governo municipal.

Resumindo, o .RIO vai concentrar todas as informações relevantes sobre o Rio de Janeiro na Internet, para os cidadãos cariocas e visitantes.

Importante: nenhum internauta, fora aqueles diretamente ligados à administração pública do município, poderá ter um endereço .RIO, embora algumas empresas de venda de domínio o estejam anunciando. Não cai nessa. Só as organizações governamentais oficiais ou entidades ligadas a ações sociais, econômicas, de infraestrutura, turismo e eventos estarão autorizados a usá-lo.


Tentei, sem sucesso, conversar com Ricardo de Oliveira, diretor-presidente da Empresa Municipal de Informática (IplanRio), para saber quais são os planos de uso do novo domínio. Vou continuar tentando.

e-Gov
Recentemente, a prefeitura do Rio lançou o Carioca Digital, um portal de relacionamento com os cidadãos, no ar há cerca de sete semanas.


O “Carioca Digital” permite que o usuário cadastrado tenha acesso a informações sobre diferentes serviços municipais de forma customizada, a partir da inscrição do CPF e da indicação da geolocalização. A ideia é levar a Prefeitura para dentro da casa do cidadão, 24 horas por dia, de forma ágil, personalizada. Ser um grande facilitador para os cariocas, que hoje sofrem com a mobilidade urbana e as muitas obras de infraestrutura espalhadas pela cidade. O cidadão residente no Rio de Janeiro será informado, diretamente pela prefeitura, sobre obras em seu bairro ou mudanças e novidades em todo o município, de acordo com seus interesses.

Entre os serviços disponíveis no Carioca Digital estarão boletim e índices de desempenho escolar, situação fiscal de imóveis, multas de trânsito, agenda cultural e mapa de equipamentos públicos municipais. Aos poucos, novos serviços ainda serão acrescentados. Em breve, quando um carro for rebocado, se o proprietário do veículo estiver cadastrado no Carioca Digital, em 15 minutos ele receberá um SMS informando o endereço do depósito, o valor da multa e até a guia para pagamento. Será possível também a marcação de consultas na Clínica da Família.

Mais de 140 profissionais de diferentes órgãos participaram do processo. Foram 9 meses de um trabalho intenso, envolvendo servidores da IplanRio e de várias secretarias (SMC, SMF, SMS, SMTR e CVL).

Também recentemente a prefeitura do Rio lançou o serviço “Data Rio“, que vai disponibilizar ao cidadão todas as base de dados do município, com objetivo de aumentar a transparência, e alimentar novos projetos que irão melhorar a vida do cidadão, como os aplicativos para celulares, entre outros. São cerca de 15 mil arquivos. Estarão lá informações geradas pelos GPS dos ônibus, a sincronização de sinais de trânsito, números da Central 1746, etc.

A iniciativa de dados abertos é muito parecida com as disponibilizada pela prefeitura de Nova York.

Data.rio, em julho, poderá ser o próprio endereço do serviço na internet.

  • Maria Ignez | UFSM

    balaperdida.rio também tá dominado?! tá tudo dominado?!